Notícias

Serviço de terapia nutricional do Hospital Santa Izabel ganha novo reconhecimento

Segunda, 09 Maio 2016

Serviço de terapia nutricional do Hospital Santa Izabel ganha novo reconhecimento

Considerado referência regional, o Serviço de Nutrição Enteral e Parenteral (Senep) do Hospital Santa Izabel recebeu recentemente da Nestlé Health Science, uma distinção, por meio de certificado, em reconhecimento aos serviços de excelência prestados em prol dos pacientes internados no hospital.

O Hospital Santa Izabel participou de uma pesquisa patrocinada pela Nestlé, envolvendo cerca de 13 instituições de saúde, públicas e privadas, de várias regiões do país. O objetivo era o de avaliar o indicador da nutrição enteral (por sonda) prescrita x infundida. Entre as participantes, o Santa Izabel apresentou o melhor resultado.

De acordo com o médico coordenador do serviço, André Ney Menezes Freire, especialista em nutrição enteral e parenteral e supervisor do Programa de Cirurgia Geral do Santa Izabel, o Senep do Hospital Santa Izabel tem prestado um serviço altamente qualificado e com resultados comparados aos dos melhores centros do Brasil.

“Com o objetivo de buscar conhecimentos e conferir a eficácia de nosso serviço, temos recebido com frequência a visita de representantes de setores governamentais e de profissionais de hospitais públicos, privados e filantrópicos”, diz André Ney, que também é professor da UFBA.

Cinco profissionais médicos, oito nutricionistas, dois farmacêuticos, dois enfermeiros, dois fonoaudiólogos, além de uma equipe de técnicos administrativos integram a equipe do Senep que, diariamente, atende por meio de terapia enteral e parenteral (por via endovenosa)” entre 90 e 100 pacientes oriundos dos sistemas público e privado de saúde.

A coordenadora Técnica do Senep, a nutricionista Darci Malaquias reforça que o certificado reconhece o controle do indicador de qualidade em terapia nutricional enteral no ano de 2015. O Senep foi inaugurado no Hospital Santa Izabel em 2002. “Nosso objetivo é garantir atendimento seguro e de qualidade aos pacientes internados na instituição, que apresentem risco nutricional ou desnutrição, através de terapia nutricional especializada”, afirmou Darci.