Gestão da Qualidade

O Sistema de Gestão da Qualidade do Hospital Santa Izabel (HSI) foi implantado em 1999, com o objetivo de aprimorar os serviços prestados pela instituição nas áreas de oncologia, cardiologia, reabilitação cardíaca, neurologia, otorrinolaringologia e ortopedia, e superar assim as expectativas das pessoas usuárias dos serviços prestados pela Instituição.

Alinhado à Visão, Missão e Valores da instituição, o Sistema de Gestão da Qualidade do Hospital Santa Izabel é formado por um conjunto de políticas, ações e programas que têm como foco a segurança da assistência e satisfação dos clientes. Isso é possível através do monitoramento da eficácia na assistência à saúde e do incentivo ao ensino e à pesquisa médica.

Como ferramentas, programas e processos utilizados pelo Hospital Santa Izabel, vale mencionar a Acreditação Hospitalar, o Gerenciamento de Risco, Programa de Prevenção e Controle de Infecções, Núcleo de Atendimento ao Cliente, Painel Estratégico, Painel de Indicadores (Gestão à Vista), Programa de Humanização da Assistência à Saúde e as ações de Hospitalidade.

Núcleo Hospitalar de Epidemiologia

O Hospital Santa Izabel faz parte de uma rede de serviços de saúde pública e privada, portanto, precisa monitorar o comportamento epidemiológico das doenças que estão ocorrendo na cidade e no Estado. O Núcleo Hospitalar de Epidemiologia desempenha esse papel diariamente, ao visitar as unidades de internação e os pronto-atendimentos, buscando identificar precocemente os pacientes suspeitos ou confirmados com doenças de notificação compulsória como as meningites, tuberculose, varicela, diarréias, dengue, chikungunya, zica vírus, sarampo, AIDS. O NHE acompanha e analisa todos os óbitos das mulheres em idade fértil e crianças menores de 1 ano.

É dever de todo o cidadão e obrigação legal de todo profissional de saúde alertar para os casos suspeitos das doenças de notificação compulsória. As notificações podem ser realizadas para o Núcleo de Epidemiologia Hospitalar do Hospital Santa Izabel, através do telefone (71) 2203-8031. Todas as informações são encaminhadas para o Distrito Sanitário, localizado no Centro Histórico de Salvador, para proceder às visitas domiciliares e a investigação epidemiológica dos pacientes e contactantes.

Cumprir o calendário básico de vacinação, lavar as mãos regularmente, manter a higiene corporal, hábitos alimentares saudáveis e ir ao médico com frequência são medidas que devem ser adotadas para prevenção de doenças.